#O QUE EU ACHEI DE: THE ORIGINALS - PARTE 1

Vou ser sincera. Não imaginei que o spin- off de The Vampire Diaries, fosse tão bom quanto a série original. To falando sério!
Eu quando terminei a quarta temporada eu fiquei um tempo sem ver nada, sendo que já sabia que em outubro ia começas as novas temporadas e inclusive The Originals. Quando finalmente outubro chegou eu queria começar a ver alguma série e acabei ficando em dúvida entre The Originals ou continuar a ver The Vampire Diaries (sendo que eu tava louca pra continuar a ver Arrow, mas a preguiça foi maior e acabei nem vendo direito a segunda temporada. Vou começar a ver direitinho agora). Eu no final acabei vendo mesmo The Originals, que por sinal amei. Eu sei que em um final de semana vi os cinco primeiros episódios de uma vez só.
Bom, vou para de enrolação e falar as coisas que eu mais gostei na série.

- O início da série
O primeiro episódio eu achei meio estranho, pois senti que o fato de alguém ta planejando algo contra o Klaus não é algo tão fora do normal assim, que o fizesse ele ir para Nova Orleans, mas depois é revelado que na verdade a Hayley está grávida e acaba fazendo algum sentido. Porém tem outra coisa que faz com que realmente o Klaus queira ficar, que é o "império" que o Marcel criou. O Klaus fica com inveja do seu ex-subordinado e faz de tudo pra se tornar o dono desse império.

 

- Marcel vs Klaus
Isso me intrigou tanto que não posso deixar de falar alguns detalhes que percebi.
Sei que o Klaus tem um grande problema com sede de poder e como ele mesmo diz, ele é o Rei.
Durante essa primeira parte da série o Klaus faz de tudo pra obter o poder que o Marcel construiu depois que os vampiros originais foram embora. Durante essa primeira parte eu senti que a sede de poder era tanta que ele nem se importou com o próprio filho, fazendo que o Elijah se torne quase o pai da criança. Eu também sei que para o Klaus a família acaba sempre em segundo plano, mas agora é o filho (no caso filha) dele que está em jogo e mesmo assim a cabeça dele só gira em torno do plano de destruir o Marcel e ficar em seu lugar.
Marcel também não fica longe querendo proteger aquilo que ele mesmo criou do Klaus. Só que diferente dele, o Marcel joga um pouco mais limpo, mas não deixa de ser santo.


- Divina
A grande arma secreta de Marcel contra não só as bruxas, mas contra todos. Divina é uma garota que foi quase foi morta num ritual camada colheita e salva por Marcel. Depois disso ela é totalmente fiel a ele, mas no final descobre que Marcel a usa como uma arma contra as ameaças, e ela acaba ficando mal por isso.


- A ida do Tyler para The Originals
Eu não vi a cena de espedida de Caroline e Tyler em The Vampire Diaries, que eu alias nem to acompanhando (mas pretendo). Eu achei interessante o episódio que ele aparece, pois revela muitas coisas que podem ajudar com a continuação da série. A primeira é que o sangue da criança que a Hayley ta carregando pode criar híbridos. A notícia deu uma mexida de quais são as intenções do Klaus com o filho.
Muitos acharam e acredito que ainda acham, que é pra criar outro exercito de híbridos. Mesmo que ele diga que não seja isso, só vamos saber quando a criança nascer.
A segunda informação foi a descoberta de lobisomens na área que a Hayley foi sequestrada e que eles são o bando que a família dela pertencia. Alguns episódios depois se confirma a notícia e para proteger o bando, o Elijah e a Rebekah vão lá para defende-los dos vampiros a mando de Klaus em trégua ao grupo de vampiros de confiança do Marcel.

Bom, esse é a primeira parte e em um outro post eu termino de falar os pontos que que gostei do spin-off The Originals. Comentem bastante! 

- Maah

0 comentários:

Postar um comentário

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré